User Preferences

  • Language - en | ga
  • text size >>
  • make this your indymedia front page make this your indymedia front page
subcarvalho - Thu May 25, 2017 12:38
Coisinho

O tic tac da especulação paira sobre as nossas cabeças, mas o nosso coração bate com outros ritmos.
Um desejo antigo mas que se mantém bem vivo é continuar a decidir e a viver por nós próprios podendo assim desenhar um magnífico futuro.
Assim lançamos o apelo para uma concentração solidária com a C.O.S.A., esperando a mobilização de todxs xs que estão dispostos a contrariar a ordem dominante.

O tic tac da especulação paira sobre as nossas cabeças, mas o nosso coração bate com outros ritmos.

Um desejo antigo mas que se mantém bem vivo é continuar a decidir e a viver por nós próprios podendo assim desenhar um magnífico futuro.

Assim lançamos o apelo para uma concentração solidária com a C.O.S.A., esperando a mobilização de todxs xs que estão dispostos a contrariar a ordem dominante. Será a 27 de Maio, a partir das 16h.

Mais:

ler mais

Toni - Mon May 22, 2017 01:30
Coisinho

No país dos brandos costumes, as mulheres continuam a ser cidadãs de segunda. É contra isto que nos levantamos. Contra uma cultura que desculpabiliza a violência de género, que ignora os direitos humanos e que transforma as vítimas em culpadas. Na próxima quinta-feira (25 de Maio) saímos à rua para denunciar e combater esta cultura.

MEXEU COM UMA, MEXEU COM TODAS
NÃO À CULTURA DA VIOLAÇÃO!

O que é a cultura da violação?

A cultura da violação é aquela que encara as mulheres como objetos sexuais e de consumo masculino. É o entendimento de que as mulheres não são seres autodeterminados e donas da sua sexualidade.

A cultura da violação é aquela que afirma, confortavelmente, que os homens são incapazes de controlar os seus impulsos sexuais, desculpando, por isso, os comportamentos agressivos, procurando naturalizá-los.

ler mais

Toni - Mon May 15, 2017 12:06
Coisinho

Em função da greve de fome de mais de 1500 presos palestinianos, um grupo de pessoas reuniu-se no Porto para preparar a solidariedade. O primeiro passo foi a criação duma página informativa. O segundo, a criação duma carta solidária aberta a subscriçoes. Outros passos se seguirão nos próximos dias, nomeadamente uma acção solidária na segunda-feira, 22 de Maio.

Em função da greve de fome de mais de 1500 presos palestinianos, um grupo de pessoas reuniu-se no Porto para preparar a solidariedade. O primeiro passo foi a criação duma página informativa.

ler mais

subcarvalho - Thu May 04, 2017 12:29
Coisinho

Pedimos desculpa àquelxs que já se questionaram sobre isso devido à nossa falta de comunicação.
Continuando do ponto que fizemos com o último comunicado, o processo judicial que visa o despejo da c.o.s.a., e ao qual nós decidimos apresentar defesa, teve no dia 28 de Abril uma audiência prévia.
Para surpresa de todxs xs presentes na sala, a juíza entrou já com uma decisão tomada e considerou que depois de ter avaliado o caso justificava-se proferir ordem de despejo nesse momento...

Pedimos desculpa àquelxs que já se questionaram sobre isso devido à nossa falta de comunicação.

Continuando do ponto que fizemos com o último comunicado, o processo judicial que visa o despejo da c.o.s.a., e ao qual nós decidimos apresentar defesa, teve no dia 28 de Abril uma audiência prévia.

Para surpresa de todxs xs presentes na sala, a juíza entrou já com uma decisão tomada e considerou que depois de ter avaliado o caso justificava-se proferir ordem de despejo nesse momento...

ler mais

subcarvalho - Wed Apr 12, 2017 11:32
Coisinho

O MANIFESTO MANIFESTA
a firme convicção de que a ideia de
ultra-periferia não se pode transformar num
conceito historicamente adquirido, politica-
mente manipulável, psicologicamente auto-
-censurante, culturalmente castrante!

O MANIFESTO
MANIFESTA
a firme convicção de que a ideia de
ultra-periferia não se pode transformar num
conceito historicamente adquirido, politica-
mente manipulável, psicologicamente auto-
-censurante, culturalmente castrante !

Nada pode afastar o conhecimento e vivência
da criação contemporânea nas suas diversas
representações, meios e marginalidades.
Não há mar que nos isole, economia que nos
subjugue nem gosto instituido que nos
adormeça.

A necessidade absoluta de aprovação
referencial de um imaginário centro, cria
dependências incompatíveis com o desen-

ler mais

subcarvalho - Mon Apr 03, 2017 11:45
Coisinho

Passaram-se já mais de 20 anos desde a (re)ocorrência das primeiras okupações em Portugal e, por incrível que pareça, não existe ainda um espaço, nem físico nem virtual, que congregue os registos e as memórias desse movimento.
Por isso, PEDIMOS A VOSSA COLABORAÇÃO para reunir todo o material possível para que possamos fazer um arquivo público digital e gratuito.

- PROCURAMOS MATERIAL SOBRE OKUPAÇÕES DE CASAS EM PORTUGAL (Pós anos 90)
- Fotografias, cartazes, folhetos, fanzines, filmagens, notícias, relatos escritos e orais ?

Passaram-se já mais de 20 anos desde a (re)ocorrência das primeiras okupações em Portugal e, por incrível que pareça, não existe ainda um espaço, nem físico nem virtual, que congregue os registos e as memórias desse movimento.

Por isso, PEDIMOS A VOSSA COLABORAÇÃO para reunir todo o material possível para que possamos fazer um arquivo público digital e gratuito.

*
O QUE É A OKUPAÇÃO?

ler mais

subcarvalho - Tue Mar 07, 2017 15:19
Coisinho

Sob o mote ? Não me calo, nem trabalho ? Basta!?, no próximo dia 8 de Março está convocada uma paralisação internacional de Mulheres a nível mundial. Neste momento mulheres de mais de 49 países vão parar e sair a rua em protesto contra a violência machista, a opressão e exploração de que são alvo, e as desigualdades que afetam milhões de mulheres em todo o mundo.

#NiUnaMenos #VivasNosQueremos- Paralisação Internacional de Mulheres, concentração #8M Não Me Calo! | International Women?s Strike

Sob o mote ? Não me calo, nem trabalho ? Basta!?, no próximo dia 8 de Março está convocada uma paralisação internacional de Mulheres a nível mundial. Neste momento mulheres de mais de 49 países vão parar e sair a rua em protesto contra a violência machista, a opressão e exploração de que são alvo, e as desigualdades que afetam milhões de mulheres em todo o mundo.

ler mais

subcarvalho - Wed Mar 01, 2017 09:35
Coisinho

Para o II Festival Feminista do Porto, com o tema RESISTÊNCIAS & (re)EXISTÊNCIAS ? Os feminismos nossos de cada dia, recebemos 70 propostas que incluem concertos, exposições, debates, workshops e performances. Serão cerca de 100 participantes com visões múltiplas e complementares acerca do mundo, do feminismo e da sua urgência.

Para o II Festival Feminista do Porto, com o tema RESISTÊNCIAS & (re)EXISTÊNCIAS ? Os feminismos nossos de cada dia, recebemos 70 propostas que incluem concertos, exposições, debates, workshops e performances. Serão cerca de 100 participantes com visões múltiplas e complementares acerca do mundo, do feminismo e da sua urgência, pessoas dispostas a partilhar e a debater ideias, a construir e reconstruir iniciativas e mudanças. O Festival conta com a colaboração de vários espaços da cidade, que acolherão os diversos eventos.

ler mais

subcarvalho - Tue Feb 14, 2017 14:31
Coisinho

Luta Anti-Fundação | Semana de actividades de 13 a 20 de Fevereiro em #Coimbra
As Repúblicas de Coimbra estão a organizar uma semana de actividades contra a passagem da Universidade de Coimbra a Fundação. Uma semana repleta de conversas, acções de rua e muito mais, que culmina com uma Concentração Anti-Fundação na próxima segunda-feira, 20 de Fevereiro.
Aparece e passa a palavra!

#AltPt Luta Anti-Fundação | Semana de actividades de 13 a 20 de Fevereiro em #Coimbra

As Repúblicas de Coimbra estão a organizar uma semana de actividades contra a passagem da Universidade de Coimbra a Fundação. Uma semana repleta de conversas, acções de rua e muito mais, que culmina com uma Concentração Anti-Fundação na próxima segunda-feira, 20 de Fevereiro.

Aparece e passa a palavra!

Comunicado do Conselho de Repúblicas

ler mais

subcarvalho - Tue Feb 14, 2017 14:20
Coisinho

Convidamos tds a vir curtir, destruir e construir conosco, com o intuito de revivar um espaço que okupa um pedaço do coração de mts de nós e queremos que volte a fazer parte das nossas vidas!
Aceita-se: madeiras(placas, barrotes), buxas, parafusos,cimento.lixa,vidro, casquilhos, lampadas, tintas, pigmentos, dobradiças, L's, interruptores, brocas...

Convidamos tds a vir curtir, destruir e construir conosco, com o intuito de revivar um espaço que okupa um pedaço do coração de mts de nós e queremos que volte a fazer parte das nossas vidas!

Aceita-se: madeiras(placas, barrotes), buxas, parafusos,cimento.lixa,vidro, casquilhos, lampadas, tintas, pigmentos, dobradiças, L's, interruptores, brocas...

Vamos ter comida, musica e diverção na construção da C.O.S.A.(zinha)

Contactos: 00351 927 276 202 cosastb2015 [em] gmail [dot] com

Por uma C.O.S.A. Activa e Rebelde ontem, hoje e amanhã!!!

ver agenda!

Indymedia Portugal >>

IMC network

Featured Stories from Federated Groups of Indymedia Centres
Featured Stories Selected by local IMCs around the world
© 2001-2017 Independent Media Centre Ireland. Unless otherwise stated by the author, all content is free for non-commercial reuse, reprint, and rebroadcast, on the net and elsewhere. Opinions are those of the contributors and are not necessarily endorsed by Independent Media Centre Ireland. Disclaimer | Privacy