User Preferences

  • Language - en | ga
  • text size >>
  • make this your indymedia front page make this your indymedia front page
subcarvalho - Thu Nov 23, 2017 14:23
Coisinho

Na tarde de domingo de pizzas na A da maxada dia 19 de Novembro, lá por volta das 18:30 apareceram cinco carros e uma carrinha da polícia . Nós estávamos a fazer e a comer pizza como noutro Domingo qualquer, quando um companheir@ nos diz que estava alguém estranho no portão, a apontar a lanterna e a dizer que era polícia. Nesse mesmo momento vimos cair um calhau vindo do lado da rua que por nossa sorte não atingiu ninguém (o calhau tinha uma dimensão de quase 20cm).

Na tarde de domingo de pizzas na A da maxada dia 19 de Novembro, lá por volta das 18:30 apareceram cinco carros e uma carrinha da polícia . Nós estávamos a fazer e a comer pizza como noutro Domingo qualquer, quando um companheir@ nos diz que estava alguém estranho no portão, a apontar a lanterna e a dizer que era polícia. Nesse mesmo momento vimos cair um calhau vindo do lado da rua que por nossa sorte não atingiu ninguém (o calhau tinha uma dimensão de quase 20cm). Neste momento reparámos que a polícia já estava na porta de cima.

ler mais

subcarvalho - Thu Nov 23, 2017 09:29
Coisinho

A violência contra as mulheres é entendida como uma violação de direitos humanos e uma forma de discriminação contra as mulheres. É uma manifestação das relações de poder historicamente desiguais entre mulheres e homens, com uma natureza estrutural baseada na assimetria de género, sendo um dos mecanismos sociais e institucionais através dos quais as mulheres são mantidas numa posição de subordinação em relação aos homens, expondo-as a um maior risco de violência baseada no género.

Em mais um 25 de Novembro, as organizações subscritoras convocam todas as pessoas para uma marcha que assinala o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres.

Não obstante os progressos alcançados nas últimas décadas em matéria dos direitos das mulheres e da prevenção e combate à violência doméstica, persistem, em todo o Mundo e também em Portugal, verdadeiros atentados a esses mesmos direitos.

ler mais

subcarvalho - Tue Nov 14, 2017 09:32
Coisinho

Um olhar sobre o racismo e habitação: a história de bairros de exclusão como as Pedreiras, em Beja, por entre a histórica perseguição à comunidade cigana; e a publicação de uma carta dos moradores do bairro 6 de Maio na Amadora. Notícias da gentrificação e da sua resistência no Porto, com enfoque ainda no movimento de ocupações que nessa cidade e em Lisboa ressurge.
http://www.jornalmapa.pt/

Um olhar sobre o racismo e habitação: a história de bairros de exclusão como as Pedreiras, em Beja, por entre a histórica perseguição à comunidade cigana; e a publicação de uma carta dos moradores do bairro 6 de Maio na Amadora. Notícias da gentrificação e da sua resistência no Porto, com enfoque ainda no movimento de ocupações que nessa cidade e em Lisboa ressurge.

ler mais

subcarvalho - Wed Oct 25, 2017 12:31
Coisinho

Estamos convencidas de que para ganhar pedaços de autonomia e liberdade, devemos entrar em conflito com aqueles que nos exploram e oprimem, com a perspectiva de mudar radicalmente esta sociedade. Uma outra maneira de viver não só é possível, mas necessária. Não queremos desistir e, na verdade, estamos dispostas a começar de novo.

Segunda feira, 16 de Outubro, a Travêssa Okupada, espaço livre nas ruas do Porto, foi despejada.

Durante dois dias, uma propriedade municipal foi subtraída ao abandono para se tornar um laboratório de socialidade e de conflito.

Um simples edifício vazio tinha-se tornado um local de encontro para quem ainda insiste em querer viver a cidade e as suas ruas, com a vontade de experimentar com alegria um caminho de libertação pessoal e colectiva, livre da lógica partidária e das dinâmicas especulação-consumo-exploração.

ler mais

Toni - Tue Oct 24, 2017 14:19
Coisinho

Esta sexta-feira, às 18 horas, marcaremos presença na rua num ato de repúdio pelas considerações morais machistas que alguns representantes da justiça no exercício das suas funções continuam a proferir, ancorando nelas decisões judiciais.A Bíblia e a moralidade misógina não são para aqui chamadas. Mantenham os vossos rosários longe da aplicação da lei. Mantenham os vossos rosários longe dos nossos ovários. Mexeu com uma, mexeu com todas!

Porto
Concentração
Sexta-feira, 27 de Outubro
18:00 horas
Praça Amor De Perdição (jardins Da Cordoaria, Em Frente À Antiga Cadeia Da Relação)

---
Lisboa
Concentração
Sexta-feira, 27 de Outubro
18:00 horas
Praça da Figueira

---
Coimbra
Concentração
Sexta-feira, 27 de Outubro
18:00 horas
Praça 8 de Maio

ler mais

subcarvalho - Tue Oct 17, 2017 11:01
Coisinho

Na manhã do dia 16 de outubro, o espaço ocupado A Travêssa dos Campos foi alvo de uma acção repressiva por parte da autoridade policial. Chegaram por volta das 7h30 com grande aparato de meios e agentes e preparados para uma entrada rápida e violenta no edifício. Após o arrombamento das portas foi dada a ordem ? todos para o chão, caralho!

Na manhã do dia 16 de outubro, o espaço ocupado A Travêssa dos Campos foi alvo de uma acção repressiva por parte da autoridade policial.

Chegaram por volta das 7h30 com grande aparato de meios e agentes e preparados para uma entrada rápida e violenta no edifício. Após o arrombamento das portas foi dada a ordem ? todos para o chão, caralho! Juntaram todas as pessoas numa sala, duas delas algemadas, e revistaram cada uma delas e os seus pertences. Para além disso, fotografaram e filmaram a operação e toda a gente que resistia no edifício.

ler mais

subcarvalho - Sat Oct 14, 2017 23:29
Coisinho

A bófia municipal, juntamente com 4 carros patrulha da PSP, visitou a okupa da travessa, às 22:50. Foi ordenada aos ocupantes a saída imediata da escola. Os ocupantes optaram por não dialogar. Juntaram-se algumas dezenas de pessoas no apoio aos ocupantes. Após 30 minutos, o aparelho repressor desmobilizou. Não se sabe até quando.

A bófia municipal, juntamente com 4 carros patrulha da PSP, visitou a okupa da travessa, às 22:50.

Foi ordenada aos ocupantes a saída imediata da escola.

Os ocupantes optaram por não dialogar. Juntaram-se algumas dezenas de pessoas no apoio aos ocupantes.

Após 30 minutos, o aparelho repressor desmobilizou. Não se sabe até quando.

Partilha. Aparece. Apoia.
Um despejo. Mil okupas!

subcarvalho - Sat Oct 14, 2017 11:56
Coisinho

Decidimos ocupar um espaço abandonado há anos, onde nos possamos auto-gerir, sem hierarquias nem delegações, sem pedir autorização às instituições e sem negociarmos com elas, recusando assim qualquer tipo de autoridade por ser um obstáculo à livre expressão individual e colectiva e às livres relações sociais.

https://atravessaokupada.noblogs.org/

Nova Ocupação na cidade do Porto
Travessa dos Campos 170 - Apareçam e partilhem

Decidimos ocupar um espaço abandonado há anos, onde nos possamos auto-gerir, sem hierarquias nem delegações, sem pedir autorização às instituições e sem negociarmos com elas, recusando assim qualquer tipo de autoridade por ser um obstáculo à livre expressão individual e colectiva e às livres relações sociais.

ler mais

subcarvalho - Mon Oct 09, 2017 15:26
Coisinho

A 13 de Outubro do ano 2000, um grupo de jovens setubalenses decidiu tomar nas suas mãos a gestão de um espaço comunitário apartidário, aberto à expressão e acção livre, sem controlo externo, sem lucro, sem autoridade?
Passaram 17 anos com largas dezenas de concertos, atliers, debates, exposições, todo o convívio, partilhas de conhecimentos e auto-aprendizagem, a intervenção política e social?

Programa do Aniversário

A 13 de Outubro do ano 2000, um grupo de jovens setubalenses decidiu tomar nas suas mãos a gestão de um espaço comunitário apartidário, aberto à expressão e acção livre, sem controlo externo, sem lucro, sem autoridade?

Okuparam um espaço abandonado transformando a apatia e o vazio em sonhos e experiências de liberdade, autonomia e auto-gestão.

ler mais

subcarvalho - Mon Oct 09, 2017 12:20
Coisinho

Desde já há um tempo os centros sociais de Vigo vimos trabalhando na organizaçom dumhas jornadas solidárias coas pessoas afetadas nas movilizaçons contra o despejo e feche do CSOA Escarnio e maldizer.

Desde já há um tempo os centros sociais de Vigo vimos trabalhando na organizaçom dumhas jornadas solidárias coas pessoas afetadas nas movilizaçons contra o despejo e feche do CSOA Escarnio e maldizer.
Os atos previstos para os dias 14 e 15 de Outubro som:

SÁBADO 14 NA QUINTA DA CARMINHA (rua do Carme 1)
-Às 12:00 Palestra: "Realidade dos centros sociais de Vigo"
-Às 14:00 Jantar
-Às 16:30 Palestra: "Escárnio, passado, presente e futuro da autogestiom"
-Às 19:00 Recital de poesia com micro aberto.

ler mais

Indymedia Portugal >>

IMC network

Featured Stories from Federated Groups of Indymedia Centres
Featured Stories Selected by local IMCs around the world
© 2001-2017 Independent Media Centre Ireland. Unless otherwise stated by the author, all content is free for non-commercial reuse, reprint, and rebroadcast, on the net and elsewhere. Opinions are those of the contributors and are not necessarily endorsed by Independent Media Centre Ireland. Disclaimer | Privacy